BIGtheme.net http://bigtheme.net/ecommerce/opencart OpenCart Templates

Clínica de voz

Segundodor o departamento de voz da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia:” A Voz é o som da comunicação na maioria dos processos de interação humana. Voz saudável contribui para a qualidade de vida. Sabe-se que um terço das profissões utiliza a voz no trabalho, e muitos referem distúrbio vocal como limitação de atividades profissionais. Um distúrbio vocal pode ser um sinal secundário de doenças neurológicas e de câncer de laringe.”

Profissionais da voz como professores, telemarketing, vendedores, palestrantes, cantores, advogados dentre muitos outros, podem desenvolver distúbios da voz chamado de Disfonia.

Dificuldades na emissão vocal que  possam impedir a produção natural da voz chamamos de Disfonia. A disfonia pode se dar de forma primária ou como sintoma secundário.

Nódulos (fendas triangulares podem resultar em nódulos vocais), Edemas e Pólipos são exemplos de lesões orgânicas resultantes de disfonia funcional. Comportamento vocal inadequado,  abuso e mau uso da voz são agentes nocivos à voz.

Alguns sintomas comuns da Disfonia:

  • Rouquidão
  • Cansaço ou fadiga vocal
  • Dificuldade em manter o volume da voz
  • Perda da voz intermitentemente
  • variação do tom (frequência) da fala ao longo do dia

Segundo o Conselho Federal de Fonoaudiologia: “Na sociedade atual, aproximadamente um terço das profissões têm a voz como ferramenta básica de trabalho (Vilkman E, 2004). A combinação de uso prolongado da voz e fatores de risco ambientais, bem como a própria organização do trabalho contribui para elevar a prevalência de queixas vocais entre os profissionais da voz gerando situações de afastamento e incapacidade para o desempenho de suas funções. O fonoaudiólogo em sua formação acadêmica é capacitado para identificar/diagnosticar e reabilitar a disfonia relacionada ao trabalho, entretanto ainda nos falta expertise no que diz respeito às ações de vigilância dos processos e ambientes de trabalho.